Uma das maiores dúvidas da população brasileira é se realmente vale a pena pagar um plano de saúde, ou juntar o dinheiro em uma poupança, para o caso de emergências

Vale a pena ter um plano de saúde?

 

O objetivo de guardar dinheiro para a saúde não é visto como um “grande” investimento, ou seja, a contratação de um plano de saúde, é extremamente essencial, devido à importância que o governo dá a saúde pública, que convenhamos, é precária.

A saúde pública não tem a infra-estrutura necessária para fornecer atendimento para a população, as filas são imensas, o cenário é drástico e o ambiente extremamente desumano.

As pessoas passam horas nas filas do por um simples atendimento (é necessário parar praticamente 5 horas para um atendimento básico), os médicos até tentam, mas muitas vezes são sobrecarregados pela falta de estrutura e ajuda do hospital. Todos esses problemas estão longe de serem resolvidos pelo governo brasileiro.

Benefícios do plano de saúde

O plano de saúde traz diversos tipos de benefícios, desde conveniência do atendimento nos hospitais, consultas e acompanhamento com diversos s, , psicólogos, fonoaudiólogos, entre outros até cirurgias e emergências graves.

Conheça Planos Notredame Intermédica acessando: Planos Notre Dame Intermedica

Plano de saúde ou Poupança ?

Juntar dinheiro na poupança, sem dúvida é rentável, para quem quer estabilidade e rentabilidade a longo prazo mesmo com a redução que o governo implementou no último mês de abril de 2012.

Porém, quando observamos os preços de exames, essa poupança vai por água abaixo. O custo de apenas uma quimioterapia é em torno de R$10.000, sem contar os custos de hospedagem, exames entre outros que são absurdamente caros.

Aconselhamos sempre as pessoas a pouparem e guardarem dinheiro, pois o brasileiro não tem esse hábito, que é muito importante para o nosso conforto no futuro, mas quando colocamos em pauta a saúde X dinheiro, o gasto com a sua saúde vem sempre em primeiro lugar.

Conclusão

Portanto, é extremamente importante ter um plano de saúde hoje em dia no Brasil. Mesmo que não utilize muito no começo, valerá a pena pagar desde cedo, pois evita o aumento drástico que existe para a contratação de plano de saúde para pessoas mais velhas.

Poupe, mas não para a saúde, pois só terá prejuízos. Poupe para viajar, para planejar a aposentadoria e o bem estar no futuro. A despesa preventiva, sempre é mais econômica que a inesperada.

Faça uma Cotação Online agora mesmo de um Plano de Saúde aqui na Group Saúde.

Como declarar plano com coparticipação?

O procedimento para declarar plano de saúde no imposto de renda quando trata-se de planos com coparticipação. Além disso, é quase o mesmo do sem coparticipação, porém com poucas diferenças.

Há situações onde as empresas pagam aos funcionários uma certa parte, deixando a outra por conta da pessoa. Nesse caso, o contribuinte deve acessar a ficha  em “Pagamentos efetuados”

Declarando o plano de saúde no IR

Para informar suas despesas com plano de saúde no imposto de renda é preciso fazer a declaração pelo modelo completo. Desta forma é possível descontar o valor total do gasto.
Como fazer isso?
É preciso separar e organizar todos os papéis necessários. Ou seja, comprovantes e recibos de despesas dedutíveis do cálculo, o que pode aumentar o imposto restituído (aquele que você recebe).

É sempre importante que todas essas despesas realizadas sejam comprovadas junto à Receita Federal, caso haja a necessidade.
Além disso, pode guardar comprovantes e recebidos, é preciso ficar atento nas despesas que você pretender deduzir do IR.